Detalhes dos Cursos
Detalhes dos Cursos
Auditório da DPM Educação, sito na Av. Pernambuco, 1001, Térreo, Navegantes, Porto Alegre/RS.

Para Quem?

Secretários de Saúde, de Assistência Social, fisioterapeutas, enfermeiros, farmacêuticos, médicos, fonoaudiólogos, nutricionistas, assistentes sociais, médicos homeopata, terapeutas ocupacionais, psicólogos, psiquiatras, educadores físicos, terapeutas holísticos, profissionais de saúde sanitaristas, procuradores, professores, assessores jurídicos, contadores, controladores internos, membros dos conselhos municipais de saúde e de assistência social, legislativo, e demais interessados.

lotado Lista de espera

Quando?

12 de dezembro de 2023: das 09h às 12h e das 13h às 17h.

Auditório da DPM Educação, sito na Av. Pernambuco, 1001, Térreo, Navegantes, Porto Alegre/RS.

Para Quem?

Secretários de Saúde, de Assistência Social, fisioterapeutas, enfermeiros, farmacêuticos, médicos, fonoaudiólogos, nutricionistas, assistentes sociais, médicos homeopata, terapeutas ocupacionais, psicólogos, psiquiatras, educadores físicos, terapeutas holísticos, profissionais de saúde sanitaristas, procuradores, professores, assessores jurídicos, contadores, controladores internos, membros dos conselhos municipais de saúde e de assistência social, legislativo, e demais interessados.

lotado Lista de espera
Parceira Acadêmica
PICS - Práticas Integrativas e Complementares no SUS: da implantação à execução no Município
Apresentação

A incorporação das medicinas alternativas e complementares, definidas pelo Ministério da Saúde como PICS – Práticas Integrativas e Complementares no Sistema Único de Saúde, são ações de cuidado transversais, podendo ser realizadas na atenção primária, na média e na alta complexidade. Atualmente, 54% dos municípios e 100% das capitais dos estados ofertam PICS. Parte do crescimento dessas práticas se deve a méritos próprios, pois reposicionam o paciente como centro do paradigma médico, consideram a relação curador-paciente como elemento fundamental da terapêutica, buscam meios terapêuticos simples, menos dependentes de tecnologia científica, menos caros, e que, no entanto, com igual ou superior eficácia nas situações normais de adoecimento, estimula a construção de práticas que buscam acentuar a melhora do paciente na busca pela saúde, bem como o acolhimento e pertencimento do paciente na atenção primária.
A presente capacitação tem como objetivo auxiliar os municípios no planejamento para a implantação das PICS, desde o diagnóstico do território, demandas, fluxos e contrafluxos, definição dos profissionais, financiamento e a elaboração dos instrumentos legais para regulamentação – decreto ou resolução.

Público-Alvo

Secretários de Saúde, de Assistência Social, fisioterapeutas, enfermeiros, farmacêuticos, médicos, fonoaudiólogos, nutricionistas, assistentes sociais, médicos homeopata, terapeutas ocupacionais, psicólogos, psiquiatras, educadores físicos, terapeutas holísticos, profissionais de saúde sanitaristas, procuradores, professores, assessores jurídicos, contadores, controladores internos, membros dos conselhos municipais de saúde e de assistência social, legislativo, e demais interessados.

Data / Horário

12 de dezembro de 2023: das 09h às 12h e das 13h às 17h.

Local

Auditório da DPM Educação, sito na Av. Pernambuco, 1001, Térreo, Navegantes, Porto Alegre/RS.

Carga horária

07 horas.

Programação

1. LEGISLAÇÃO
1.2. Lei nº 8.080/1990, dispõe sobre Lei Orgânica da Saúde;
1.3. Decreto nº 7.508/2011, regulamenta a Lei nº 8.080/1990;
1.4. Portaria GM/MS nº 9.712/2006, estabelece a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares – PNPIC;
1.5. Portaria de Consolidação nº 2/2017, aprova as normas sobre as políticas nacionais de saúde do Sistema Único de Saúde ;
1.6. Portaria de Consolidação nº 6/2017, aprova as normas sobre o financiamento e a transferência dos recursos federais para ações e serviços de saúde do Sistema Único de Saúde;
1.7. Portaria MS nº 2.979/2017, institui o Programa Previne Brasil, estabelece novo modelo de financiamento de custeio da Atenção Primária à Saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde;
1.8. Decreto nº 56.061/2021, do Estado do Rio Grande do Sul, que institui o Programa Estadual de Incentivos para a Atenção Primária à Saúde – PIAPS;
1.9. Portaria da Secretaria do Estado da Saúde, SES, nº 635/2011, que define os critérios e a forma do recurso financeiro do PIAPS;
1.10. Resolução nº 695/13 – CIB/RS, aprova a Política Estadual de Práticas integrativas e Complementares do Estado do Rio Grande do Sul;
1.11. Nota Técnica PEPIC-RS/DAS nº 01/2017, orienta a inserção de práticas integrativas e complementares na rede de atenção à saúde;
1.12. Portaria SES/RS nº 588/2017, institui a Relação Estadual de Plantas Medicinais de interesse do Sistema Único de Saúde no Rio Grande do Sul e listas complementares;


2. POLÍTICA NACIONAL DAS PRÁTICAS INTEGRATIVAS COMPLEMENTARES NO SUS
2.1. Como surgiu
2.2. Os objetivos
2.3. As diretrizes
2.4. A importância
2.5. As PICS ofertadas no Sistema Único de Saúde


3. PLANEJAMENTO DAS PICS
3.1. Por onde começar?
3.1.1. Nomeação de comissão técnica
3.2. Previsão nos instrumentos de planejamento (Plano Municipal de Saúde, LDO, LOA, PAS)
3.3. Deliberação do Conselho Municipal de Saúde
3.4. Financiamento das PICS (recursos federais, estaduais e municipais)


4. ELABORAÇÃO DO PLANO PARA IMPLANTAÇÃO DAS PICS
4.1. Regulamentação
4.1.1. Decreto
4.1.2. Resolução do Conselho Municipal de Saúde
4.2. Profissionais
4.3. Infraestrutura
4.4. Cadastro dos serviços no SCNES
4.5. Vantagens
4.6. Pesquisas de opinião


5. EXECUÇÃO DAS PICS
5.1. Modelo, concepções e elaboração do cuidado com as PICs (modelo biopsicossocial, integralidade do cuidado, construção compartilhada)
5.2. As 29 práticas ofertadas pelo SUS e as mais aplicadas
5.3. Processo de trabalho para a implantação (poderia estar aqui:
5.4. Diagnóstico do território
5.5. Mapeamento das demandas (linhas de cuidado)
5.6. Mapeamento dos profissionais
5.7. Definição dos tipos de práticas a serem ofertadas na rede
5.8. Demanda espontânea
5.9. Agendamentos
5.10. Atividades coletivas
5.11. Fluxos e contra fluxos
5.12. Intersetorialidade
5.13. Exemplos de municípios que implementaram as PICS
5.14. Atingimento das metas, ações, monitoramento e avaliação
5.15. Links e plataformas vinculadas ao Ministério da Saúde: AVAsus, Unasus, Redepics/ Universidade Federal de Santa Catarina

lotado Lista de espera
Professor(a)

Clarissa Silva Rech - Mestranda em Ensino na Saúde. Fisioterapeuta. Servidora municipal em Glorinha/RS, Implantou no município o Projeto de Práticas Integrativas e Complementares, fomentando o uso das PICs no cuidado em saúde pública, com expertise em auriculoterapia. Integra a equipe do NASF /AB no município de Glorinha/RS.

Professor(a)

Cleusa Kereski - Advogada, Especialista em Direito Civil e Processo Civil, Especialista em Direito Público, Especialista em Gestão em Saúde, Consultora Jurídica da Borba, Pause & Perin Advogados e Professora da DPM Educação.

Investimento

ENTES PÚBLICOS COM contrato de consultoria com a Pause & Perin - Advogados Associados (DPM)
Valores para pagamento JUNTAMENTE COM A MENSALIDADE VALOR BRUTO PARA EMPENHO
01 a 02 participantes R$ 452,00 por participante
03 ou mais participantes R$ 406,80 por participante
Valores para pagamento ANTECIPADO COM DESCONTO somente por transferência/PIX (sem emissão de boleto) VALOR BRUTO PARA EMPENHO
01 a 02 participantes R$ 424,88 por participante
03 a ou mais participantes R$ 382,39 por participante
ENTES PÚBLICOS SEM contrato de consultoria com a Pause & Perin - Advogados Associados (DPM)
Valores para pagamento POR BOLETO VALOR BRUTO PARA EMPENHO
01 a 02 participantes R$ 592,00 por participante
03 ou mais participantes R$ 532,80 por participante
Valores para pagamento ANTECIPADO COM DESCONTO somente por transferência/PIX (sem emissão de boleto) VALOR BRUTO PARA EMPENHO
01 a 02 participantes R$ 556,48 por participante
03 a ou mais participantes R$ 500,83 por participante
Dados para empenho: DPM Educação Ltda., CNPJ 13.021.017/0001-77 Dados para empenho:
DPM Educação Ltda.,
CNPJ 13.021.017/0001-77
DEMAIS INTERESSADOS
Valores para pagamento POR TRANSFERÊNCIA OU PIX VALOR
01 a 02 participantes R$ 849,76 por participante
03 ou mais participantes R$ 764,78 por participante
Valores para pagamento POR BOLETO BANCÁRIO VALOR
01 a 02 participantes R$ 904,00 por participante
03 a ou mais participantes R$ 813,60 por participante
DADOS BANCÁRIOS
Instruções

INSCRIÇÕES
- WEB: Clique no botão INSCREVA-SE.
- E-MAIL: Encaminhar para cursos@dpmeducacao.com.br mensagem informando município, título do curso desejado, nome completo do(a) inscrito(a) sem abreviaturas, CPF, cargo, e-mail e telefones de contato (profissional e celular).
- WHATSAPP: (51) 98041-5821.

REGISTRAMOS QUE, UMA VEZ FEITA A INSCRIÇÃO, PROCEDEREMOS O PROCESSO DE COBRANÇA. PARA TANTO, SEGUEM NOSSOS DADOS PARA EMPENHO E/OU PAGAMENTO POR TRANSFERÊNCIA BANCÁRIA.

CERTIFICADO DE PARTICIPAÇÃO
Será entregue impresso na última saída do aluno.
Importante: Informamos que atrasos e saídas antecipadas serão computadas e registradas para fins de cálculo do percentual de frequência contemplado no certificado.


INFORMAÇÕES
Telefone (51) 3027-3400
Whatsapp (51) 98041-5821 ou (51)99661-2022.
E-mail cursos@dpmeducacao.com.br
Chat online em www.dpmeducacao.com.br
Segunda a sexta-feira, no horário das 09h às 17h.


ATENÇÃO: VAGAS LIMITADAS.